a menina que roubava livros

A Menina que Roubava Livros

Raros autores revelam uma poética tão inteligente, refinada, bem-humorada e sarcástica como Markus Zusak. A poesia que perpassa A Menina que Roubava Livros emociona o leitor sem ser piegas, e desperta nele ao mesmo tempo alegria e tristeza, revolta e certo conforto moral. Há muito tempo o escritor pensava em escrever sobre um personagem que […]