quebra cabeça

Pense + solidariedade

Em 30 minutos você pode ajudar…

Tão pouco tempo e dinheiro podem ajudar muita gente, sabia? Sim, caríssimos leitores da Pense +,  tomamos o cuidado de visitar algumas instituições de São Paulo e até fora de São Paulo, e assim selecionar as melhores para apoiar, apadrinhar e divulgar.

A primeira escolhida da nossa lista é a Casa Vida. O lema deste lugar lindo é “Elas vieram à vida para viver”, fazendo referência aos seus acolhidos, que são crianças e adolescentes (de 0 a 18 anos incompletos) sob medida de proteção e em situação de risco pessoal e social, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.

Visitamos o lugar duas vezes e em ambas oportunidades fomos super bem atendidos e constatamos o cuidado e o amor dedicado às crianças, que são lindas, bem cuidadas e muito animadas. É impossível não entrar na brincadeira deles e dançar, pular, porque eles são crianças e mal sabem o que está acontecendo por trás dos panos.

E quer saber o que rola por trás dos panos? Esta unidade tem a especialidade de acolher crianças e adolescentes portadores do vírus HIV e outras deficiências que necessitam de cuidados de saúde, vindas de diversas regiões de São Paulo, encaminhadas pela Vara de Infância e Juventude ou Conselho Tutelar.

A parte triste dessa história toda é que eles precisam de ajuda com tudo, desde o pagamento dos salários dos funcionários, até doações de produtos de higiene, leite e outras coisas. Caso você queira ajudar, é muito simples:

  • basta ligar (tel/Fax: (11) 2606-2185) e perguntar o que eles estão precisando no momento. Depois, basta comprar e entregar no endereço informado via telefone. E tenha a certeza que seu dinheiro será bem utilizado.
  • Doações também podem ser realizadas na conta do Banco Itaú Ag. 0211 c/c 84106-9, pois eles são uma Instituição filantrópica, CNPJ: 62.264.494/0008-45
  • Caso queiram visitar e conferir, acessem o site: www.bompar.org.br.

Somos todos um e juntos somos mais fortes.

Até mais pessoal!

casa vida