bart, maggie e lisa

Aproveitando o embalo dos irmãos…

Queridos leitores, vocês sabem o quanto nós gostamos de ler e indicar livros pra que vocês leiam. Pensando nisso e unindo com outra coisa que amamos – que são os irmãos – decidimos falar de alguns livros que retratam essa relação. Eles brigam, mas também se amam e compartilham juntos muitos momentos especiais. A relação entre irmãos pode ser complicada em algumas situações, mas, pelo vínculo de amor fraternal que possuem, costumam deixar as diferenças para cuidarem uns dos outros.  Confira!

amarílis

Em Amarílis, Luisa e o irmão Tiago inventaram um jogo com uma regra simples: abriam um livro ao acaso, se caísse numa página com texto, ela o lia para ele, se fosse imagem, ela teria que descrevê-la e explicá-la apenas com palavras. Por muitos anos eles se divertiram e se emocionaram com esse jogo. Foi assim que Luisa começou a inventar histórias que iluminaram o mundo de Tiago. As ilustrações são de Eva Furnari. Indicado a partir de 10 anos.

irmãos tapper

Os gêmeos Claudia e Reese, de 12 anos, não poderiam ser mais diferentes, mas em uma coisa eles são realmente idênticos: a determinação em sair ganhando na terrível guerra travada entre os dois! Tudo começou quando… Bem, na verdade eles discordam até quanto a isso, mas, oficialmente, começou no refeitório da escola, quando Claudia sofreu um ataque cruel e covarde do próprio irmão. Aos poucos, a guerra foi se acirrando e, das ruas de Nova York, passou para o universo ficcional do jogo on-line preferido de Reese. E eles não pouparam esforços para vencer as duras batalhas. Contado de uma forma totalmente original, incluindo fotos, capturas de tela dos jogos, registros de chats e muitas mensagens trocadas pelo celular entre os pobres pais dos beligerantes, Os irmãos Tapper declaram guerra (um contra o outro) mostra, de forma autêntica e hilária, os conflitos entre dois irmãos adolescentes numa era saturada de recursos visuais e digitais.

 

contos de irmãos

Ana Carolina Carvalho reúne, em  Contos de Irmãos, personagens  irmãos que são sempre parceiros inseparáveis e cúmplices. O livro é dividido em três partes: a primeira conta histórias de irmãos abandonados na floresta, que possuem um parentesco evidente com a conhecida narrativa do João e Maria ou Hansel und Gretel, dos irmãos Grimm. A segunda apresenta duas duplas de irmãos que sofrem nas mãos de uma madrasta invejosa e, a terceira, por fim, introduz histórias de grupos de irmãos que possuem nomes sugestivos que indicam habilidades excepcionais. Indicado a partir de 10 anos.

na porta ao lado

Carol sempre morou com sua mãe e as duas sempre tiveram uma ótima relação. Seu pai faleceu quando ela era pequena e o que restou foram as fotos e muita saudade. Tudo estava maravilhosamente bem, obrigada, em sua vida, até que a mãe apresenta seu novo namorado para ela e, para sua maior surpresa, eles já estavam noivos. Por mais que Carol queira ver a mãe feliz ela não consegui lidar bem de cara com o fato de ter um novo membro na família e, muito menos, com o fato de que terá que se mudar da casa que possui tantas lembranças de seu pai. Só que é inevitável. Para completar, seu padrasto é professor, vai dar aula em seu colégio e ele tem um filho da sua idade que também não está muito feliz com a situação toda. O ano de Carol não começou muito bem, mas ela sabe que vai mudar. Resta saber se será para melhor ou para pior.

abaixo bicho papão

Em Abaixo o bicho-papão, Walcyr Carrasco traz uma aventura vivenciada por dois irmãos. Toda noite, Marco e Zeca trancavam a porta do quarto e fechavam bem as janelas para o bicho-papão não entrar. Seus pais viviam dizendo para eles não gritarem alto, não fazerem guerra de travesseiros, pois o bicho-papão iria levá-los no saco. Mas será que eles não poderiam brincar de nada? Até que os irmãos planejaram um encontro definitivo, frente a frente com o bicho-papão. Será que eles conseguiram se livrar do tal bicho? Indicado a partir de 07 anos.

dois irmãos

‘Dois irmãos’ é a história de dois irmãos gêmeos – Yaqub e Omar – e suas relações com a mãe, o pai e a irmã. Moram na mesma casa Domingas, empregada da família, e seu filho. Esse menino – o filho da empregada – narra, trinta anos depois, os dramas que testemunhou calado. Buscando a identidade de seu pai entre os homens da casa, ele tenta reconstruir os cacos do passado, ora como testemunha, ora como quem ouviu e guardou, mudo, as histórias dos outros. Do seu canto, ele vê personagens que se entregam ao incesto, à vingança, à paixão desmesurada. O lugar da família se estende ao espaço de Manaus, o porto à margem do rio Negro – a cidade e o rio, metáforas das ruínas e da passagem do tempo, acompanham o andamento do drama familiar.

peter pan

No título Peter Pan –  recriação da obra de James Barrie, por Pedro Bandeira, o protagonista ensina a menina Wendy e seus irmãos a voarem. Os três se metem nas mais perigosas aventuras, tendo de enfrentar o sinistro Capitão Gancho, o mais malvado dos piratas! Nessa história, o leitor irá viajar para uma ilha encantada, a Terra do Nunca, convivendo com piratas, sereias que enfeitiçam as pessoas com seu canto e uma fada encantadora, a famosa Sininho! Indicado a partir de 10 anos.

E você, tem algum livro sobre irmãos que goste pra nos indicar? Queremos muito saber.