roberto

Prática diária simplificada para curar depressão

Foto de Lucylla Alexandre 

Muitas pessoas querem morrer. Como sei que muitas pessoas querem morrer? Por causa da minha profissão, em que tive a oportunidade de trabalhar com várias pessoas que não tinham o menor interesse em viver. Eu não as culpo, pois viver é uma tarefa complexa principalmente nas grandes metrópoles, em que é preciso fazer verdadeiros malabarismos para equilibrar vida social, carreira, filhos, casamento e muito mais. Não é à toa que dizem que o mal do século é a depressão.

Em novembro de 2012 a revista Veja divulgou que a doença já afetava 40 milhões de brasileiros. A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que a depressão será a doença mais comum no mundo. Mas a final que mal é esse? Depressão pode ser definida como uma doença psiquiátrica que modifica a disposição de espírito de uma pessoa, conduzindo-a a uma impetuosa tristeza e um desânimo devastador.

E na minha opinião, o melhor tratamento para depressão (além do acompanhamento médico) é a “prática diária”, que consiste na prática de todas aquelas atividades saudáveis que já estamos cansados de saber, mas que temos a maior preguiça de fazer. Então, sugiro adotar uma prática simplificada, ou seja, escolha apenas um hábito e foque nele.

5 hábitos para uma prática diária mais elaborada:

  1. Não reclame de nada durante um dia inteiro;
  2. Demonstre gratidão a um amigo, escrevendo apenas para saber como ele está.
  3. Assista um filme engraçado ou comédia stand-up;
  4. Leia um bom texto espiritualizado;
  5. Use a escada no lugar do elavador.

Agora quer uma prática diária simples para melhorar  mesmo? Preocupe-se em ingerir vitaminas do grupo B, pois estudos comprovam que a carência exasperada de vitaminas do grupo B podem intervir no humor e levar à depressão. As vitaminas do grupo B frequentemente trabalham juntas para proporcionar diversos benefícios à saúde física e mental.

Por vezes, durante a correria do dia a dia paramos em qualquer lugar, e não nos alimentamos de forma saudável. Todavia, o simples fato de perpetrar uma refeição inadequada pode caracterizar o divisor de águas entre a doença e a saúde.

 Portanto, recomendo começar pelo mais fácil, adotando um pequeno hábito para depois iniciar uma Prática diária mais elaborada e que pode ajudar consideravelmente na cura de processos depressivos.

São alimentos ricos em vitamina B:

  • Arroz integral;9d71dd4dfa36a8f8033ac9f8ab8cae6d[1]
  • Amendoim;
  • Batata;
  • Banana;
  • Cereal integral;
  • Feijão;
  • Frango;
  • Laranja;
  • Linguiça;
  • Nozes;
  • Ovos;
  • Pão integral;

 

709842_Ampliada[1]Texto escrito por Roberto Hristos Ioannou, que é advogado, pós-graduado em psicologia-jurídica e autor do livro A SOCIEDADE X A DEPRESSÃO. A obra pode ser adquirida pelos sites:  www.ciadoslivros.com.br – www.livrariacultura.com.br  ou pelo telefone: (11) 99830-7294.