brasil.2

Mantenham o espírito unido!

Por Ana Claudia Marques

 

Ainda sou eu,

mesmo que agora

vilipendiada;

Ainda sou eu,

Pátria, Gaia, mulher amada,

Ainda sou eu,

Mesmo nação iniciante.

Não me perco

Pois há o passado que me conta:

Eu sou forte,

sou guerreira, eu sou luta.

Ó ventre fértil,

sobre meu destino reino,

absoluta.

Filhos meus, em todo transe, juntos lutemos!

Sua tua pátria, mãe gentil.

Brasil!